segunda-feira, 25 de junho de 2007

Jesus faz a Diferença


“Falava ele ainda, quando veio uma pessoa da casa do chefe da sinagoga dizendo: Tua filha está morta, não incomodes mais o Mestre. Mas Jesus, ouvindo isto, lhe disse: Não temas, crê somente, e ela será salva”.
(Evangelho de Lucas 8.49-50)

Mais um acontecimento marcou a história do nosso divino Mestre Jesus. Aqui está a história de Jairo que era líder de uma sinagoga, na região próxima ao mar da Galiléia. Surgiu um problema na sua casa, era a doença de sua filha. E Jairo, com sua inteligência na área de religião e com sua capacidade de resolver os problemas na sua função de líder, começou a lutar do seu jeito. Usava a sua fortuna, seus recursos e pensava “eu vou conseguir sozinho, não preciso da ajuda de ninguém”. Enquanto tinha dinheiro foi batalhando, até que os médicos começaram a desenganar a sua filha.
Nessas alturas a casa de Jairo já estava numa situação difícil. Era Jairo reclamando, sua esposa chorando e a tristeza tentando ocupar o espaço. Havia também um grupo que o rodeava e estava lhe causando dor. Uns estavam como curiosos outros sorriam e criticavam Jairo. Agora Jairo chega ao limite e resolve tomar uma atitude – foi atrás de Jesus. Para ele não tinha mais outra alternativa. A solução era só Jesus. O Mestre era o último recurso.
É claro que Jesus poderia ter sido procurado antes. Mas é sempre assim. As pessoas sempre lutam desesperadas contra a maré, até caírem exaustos, para só depois procurarem Jesus. Mesmo assim, Jairo não foi decepcionado.
Quando ainda estava falando com Jesus recebeu uma mensagem negativa. Um tal “amigo” disse para Jairo: “- Não adianta mais! Não perturbe mais o Mestre! A tua filha já morreu e a tua casa é um velório. Você é um derrotado!”. Mas ele não desanimou. Lutou até o fim e conseguiu levar Jesus até a sua casa e pôde ver a sua filha ressuscitar.
É assim mesmo. Jesus sempre fez, faz e fará a diferença. Vale a pena enfrentar tudo até chegar onde o Senhor está! Vale a pena quebrar todos os tabus e ter Jesus em sua casa!

Nenhum comentário: